Doutorado Sanduíche (Bolsa PSDE)

PROGRAMA DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR (BOLSA PDSE)

INFORMAÇÕES

 

Devido à grande demanda por estágio de doutorandos no exterior a coordenação do Programa de Pós-Graduação em Geografia está estabelecendo algumas regras para a solicitação do mesmo:

 

  1. O aluno deve elaborar uma carta de intenção assinada pelo orientador indicando o período do estágio: data da saída, quantidade de meses, nome do tutor e instituição onde o doutorando vai realizar o estágio (isso antes de entregar a documentação completa).
  2. A documentação completa deve ser apresentada ao PPGG seis meses antes da data de saída para que os procedimentos burocráticos possam ser realizados em tempo hábil.
  3. O doutorando deve, ao entregar a documentação, também anexar o formulário de qualificação (indicando a data e a banca). A qualificação deve ser realizada antes da saída para o doutorado sanduíche (para os alunos que o prazo de qualificação vence antes da sua volta para o Brasil).
  4. Será dada prioridade para alunos que colocarem na sua proposta a permanência entre 9 (nove) e 12 (doze) meses no exterior.
  5. A relação de documentos, o funcionamento do estágio e outras informações estão disponíveis no site da CAPES (http://www.capes.gov.br/bolsas/bolsas-no-exterior/doutorado-sanduiche-no-exterior-pdse).
  6. A escolha dos alunos para o PDSE será realizada por uma comissão formada por professores e alunos do PPGG e por um parecerista externo ao PPGG da UFSC. Contará para a avaliação: 1) a produção científica do aluno, 2) a produção científica do orientador, 3) a produção científica do coorientador/receptor no exterior, 4) a qualidade da universidade receptora, 5) o plano de pesquisa no exterior, 6) a entrega da documentação completa, 7) o cumprimento pelo aluno de todas as obrigações com o PPGG, como, entre outros, ter realizado todas as disciplinas, ter marcado a data da qualificação e/ou comprovar que sua defesa será realizada após sua volta do exterior. Outras obrigações são as mesmas exigidas pela CAPES.
  7. A Pró-Reitoria de Pós-Graduação é que irá definir a viabilidade das bolsas para atender ao pedido do doutorando para a realização do PDSE. Isso Ocorrerá também conforme a disponibilidade de bolsa pela CAPES. Portanto, o PPGG e a PROPG não se responsabilizam pela negativa da CAPES na concessão da bolsa de PDSE.
  8. Ao final, após 60 dias da chegada ao Brasil, o aluno deve apresentar ao PPGG um artigo científico (impresso) e uma carta (ou outro documento) que comprove o envio do artigo para uma revista especializada (com Qualis igual ou acima de B2).